facebook

Enfermeiros recebem capacitação para combater meningite em Itapevi

Compartilhe com:

Iniciativa visa qualificar servidores em Prontos Socorros. A Prefeitura de Itapevi iniciou na segunda-feira (10), ações de capacitação sobre formas de prevenção e diagnóstico da meningite para enfermeiros dos prontos socorros da cidade. A primeira capacitação aconteceu no Pronto Socorro Engenheiro Cardoso. Na terça-feira (11), enfermeiros do PS Amador Bueno receberão as orientações.

Nos dias 19 e 20 de abril serão capacitados enfermeiros do Pronto Socorro Central em dois turnos: manhã e noite. A expectativa é capacitar aproximadamente 10 enfermeiros da rede municipal de saúde.

Para Cassius Oliveira, responsável pela Vigilância Epidemiológica de Itapevi, trata-se de uma capacitação com o objetivo de atualizar enfermeiros visando a reciclagem profissional. “O enfermeiro capacitado de cada uma dessas três unidades agirá como agente multiplicador. Ele será responsável por informar os demais colegas sobre as novidades e procedimentos”, explicou.

“A medida é importante porque qualifica o atendimento. Teremos profissionais nos Prontos Socorros com treinamento e conhecimento técnico ainda mais apurados”, complementa Oliveira.

A capacitação tem duração de uma hora e é ministrada pelo enfermeiro da Vigilância Epidemiológica de Itapevi, César Augusto Dutra dos Santos. Segundo Cassius, a iniciativa propõe que as equipes de enfermagem entendam a importância da realização dos exames diagnósticos das doenças, bem como o fluxo de notificações e tenham conhecimento sobre os dados epidemiológicos.

Sobre a meningite

É uma doença caracterizada pela inflamação das meninges, membranas que envolvem o encéfalo – parte do cérebro. Ela pode ser viral, por fungos ou bacteriana e atinge principalmente crianças entre 0 a 5 anos, as bacterianas e virais são as mais rigorosas e podem causar paralisia. Para cada um dos tipos de meningite há sintomas e tratamento específico. É uma doença não contagiosa e tem vacina.

Os sintomas da meningite podem confundir-se com resfriado e gripe. Podem levar algumas horas ou até dois dias para aparecer após o paciente ser infectado. A meningite atinge o sistema nervoso central e causa grande desconforto no paciente. Os principais sintomas da meningite são: ausência de apetite; sono excessivo; náuseas e vômitos; sensação de pescoço rígido; febre e dor de cabeça; rigidez na nuca; dificuldade para se concentrar; sensibilidade à luz; raciocínio confuso; manchas vermelhas na pele e rachaduras na pele.

 

Compartilhe com:

Adicionar Comentario

Designed by

best down free | web phu nu so | toc dep 2017