facebook

Guarda de Itapevi realiza parto no bairro Cidade da Saúde

Compartilhe com:

Mãe e bebê receberam alta do hospital e passam bem. Além de executar ações de segurança pública, a Guarda Civil Municipal de Itapevi (GCM) tem se deparado com outros grandes desafios. Na terça-feira (4), os agentes Luiz Augusto Silva e Viviane Lucas Parreira tiveram de ajudar uma mulher em trabalho de parto no bairro Cidade da Saúde.

Silva e Viviane faziam o patrulhamento de rotina próximo ao Pronto Socorro de Itapevi quando um homem abordou os guardas, falando sobre a situação da mulher – o marido dela estava trabalhando e não atendia as ligações.

“Quando eu cheguei na casa, percebi que ela estava sentindo fortes contrações e entrando em trabalho de parto. Não havia tempo para levá-la ao hospital. Ali mesmo pedi para que ela ficasse calma, respirasse, não tentasse sair da cama porque eu faria o parto”, diz Silva, que estuda enfermagem.

Durante o procedimento, Viviane acionou o SAMU (Serviços de Atendimento Móvel de Urgência), que chegou em pouco mais de cinco minutos.

“Todo meu esforço de parto demorou não mais do que três minutos. A bebê nasceu muito rápido. Na própria cama verifiquei os sinais vitais da criança e providenciei uma toalha para ela e a mãe. Junto aos médicos do SAMU cortamos o cordão umbilical e demos continuidade aos procedimentos”, conta Silva.

A mãe e a criança foram encaminhadas ao Hospital Geral e Itapevi e já receberam alta. Ambas passam bem.

Essa foi a terceira ocorrência de parto atendida pelo guarda. Ele também ajudou no parto de uma adolescente de 13 anos na Estrada da Cruz Grande, e de uma mulher de 33 anos que dava à luz ao seu sétimo filho, no Jardim Cruzeiro.

Nada disso assusta Silva. “Precisamos nos desdobrar”, brinca.

Compartilhe com:

Adicionar Comentario

Designed by

best down free | web phu nu so | toc dep 2017