facebook

Vereador Paulo Xavier é preso em Carapicuíba

Compartilhe com:

O vereador carapicuibano Paulo Xavier (PSDB) e mais cinco funcionários fantasmas contratados na Câmara Municipal de Carapicuíba, pelo gabinete do parlamentar, incluindo sua esposa e sogra, foram presos preventivamente na manhã desta quinta-feira, 12, pela Polícia Civil em uma ação do Ministério Público do estado de São Paulo.
O vereador é acusado de nepotismo e a contratação de funcionários fantasmas. A investigação começou há dois anos através da denúncia feita por um ex-assessor parlamentar do vereador.

Segundo informações, entre os funcionários fantasmas está sua esposa Kelly Cristina da Silva, nomeada Diretora Parlamentar, com salário de pelo menos R$ 6 mil. Como assessores parlamentares foram contratados Angelo Batista Borin e Milton Gomes Naves, – este funcionário da Paulo Xavier imóveis, empresa do parlamentar -.

Para prestar serviços no lugar dos assessores fantasmas foi contratada Daniela Martins Custodio, que cumpre pena em regime aberto de uma condenação de 22 anos por latrocínio, roubo seguido de morte. Por conta disso ela estava impedida de exercer qualquer cargo público. Em seu lugar, Paulo Xavier contratou a mãe de Daniela, Idalice Martins Custodio para repassar o salário à filha.

As cinco pessoas presas são acusadas por organização criminosa, falsidade ideológica, peculato e uso e falsificação de documentos porque essas pessoas precisavam ter o ensino médio completo para os cargos e todas usavam diplomas falsos. As mulheres vão para um presídio em Itapevi e os homens em Carapicuíba.

Paulo Xavier foi ex-secretário municipal de educação na gestão Fuad Chucre.

Compartilhe com:

Clique Para Anunciar Grátis

3 Comentarios

  1. Maria Inês 12 de maio de 2016
  2. JOSÉ CARLOS DOS SANTOS 12 de maio de 2016
  3. Simone barros 13 de maio de 2016

Adicionar Comentario

error: Este Conteúdo é Protegido por Direitos Autorais !!
Designed by

best down free | web phu nu so | toc dep 2017