facebook

Nuno Cobra consegue liberdade provisória após acusação de abuso sexual

Compartilhe com:

A Justiça Federal aceitou na tarde desta quinta-feira (14) o pedido de liberdade provisória feito pela defesa do preparador físico Nuno Cobra, acusado de abuso e violação sexual de mulheres. Cobra está preso na sede da Polícia Federal, na Zona Oeste de São Paulo. Ele terá de pagar fiança de 45 salários mínimos (mais de R$ 42 mil) e deve deixar a prisão ainda nesta quinta, segundo seu advogado.

A liberdade provisória foi concedida com restrições pela juíza federal convocada Gisele França, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Cobra, de 79 anos, foi condenado no último dia 6 de setembro por abuso sexual mediante fraude pela Justiça Federal em São Paulo, referente a um caso ocorrido durante um voo em 2015.

Pela decisão, Cobra precisa entregar o passaporte à PF e não poderá deixar o país. Também deverá ficar recluso em casa e só poderá sair para trabalhar.

Cobra ficou famoso após começar a cuidar da preparação física do piloto Ayrton Senna, em 1983. O preparador está preso em uma cela isolada na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo desde segunda-feira (11), após ter a prisão preventiva decretada pela juíza federal Raecler Baldresca devido à denúncia de um segundo caso envolvendo Nuno. A juíza escreveu em sua sentença que a ousadia de Cobra “não tem limites”.

No início de setembro, uma jornalista de São Paulo já havia procurado o MPF para denunciar uma suspeita de abuso ocorrida em 24 de agosto deste ano. A jovem disse ter sido molestada pelo preparador durante uma entrevista em uma rádio em São Paulo.

A defesa de Nuno diz que, em relação ao primeiro caso, não há provas, e que, sobre o segundo caso, da jornalista, tratou-se de um “mal entendido”, já que o preparador físico é “expansivo” e sempre se dedicou à saúde. Sobre a nova denúncia, Sergei Arbex, o advogado de Nuno Cobra afirmou que iria se informar para se posicionar.

Uma suposta terceira vítima de Nuno é uma bióloga, que decidiu procurar o Ministério Público para relatar o que sofreu após ver a repercussão dos casos na imprensa. Em seu perfil pessoal no Twitter, a jovem postou duas mensagens comentando a prisão do preparador físico..

Compartilhe com:

Clique Para Anunciar Grátis

Adicionar Comentario

error: Este Conteúdo é Protegido por Direitos Autorais !!
Designed by

best down free | web phu nu so | toc dep 2017